Foto: Ilustração feita pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos EUA

O novo boletim divulgado pela Prefeitura de Araraquara aponta que a cidade tem 31 casos suspeitos de coronavírus. Todos estão sendo monitorados e aguardam resultado de exames.

Dos 36 casos notificados (5 já foram descartados, dois eram H1N1), 23 pessoas foram internadas e 7 já receberam alta. Foram registrados dois óbitos e 14 pessoas continuam internadas. Todos suspeitos.

Este segundo óbito registrado em Araraquara trata-se de um idoso de 81 anos, com comorbidade e histórico de viagem para São Paulo.

Todas as informações oficiais também podem ser acessadas no site http://www.araraquara.sp.gov.br, bem como nas mídias sociais oficiais da Prefeitura.

O Comitê de Contingência do Coronavírus Araraquara, instituído por Decreto Municipal, se reuniu nesta sexta-feira, dia 27 de março, para novas deliberações sobre medidas de combate à transmissão do COVID-19 (Coronavírus).

A posição do Comitê de Contingência do Coronavírus continua sendo pela manutenção do isolamento social como uma das principais medidas de enfrentamento e contenção do Covid -19

Segue valendo o Decreto nº 12.236, de 23 de março de 2020, que reconhece na cidade o estado de calamidade pública e, desta forma, determina que todos os estabelecimentos comerciais e serviços não essenciais à população mantenham o atendimento ao público suspenso por 15 dias, de 24 de março até dia 7 de abril.

Quem descumprir a determinação está sujeito à multa e cassação de alvará de funcionamento. A multa prevista é de 100 Unidades Fiscais do Município (UFMs), cujo valor atual é R$ 57,68 a unidade, podendo haver aumento dos valores em caso de reincidências.

A fiscalização está sendo intensificada, inclusive nos finais de semana, pela Guarda Civil Municipal e Vigilância Sanitária.

Qualquer cidadão pode realizar denúncia do descumprimento deste decreto no canal telefônico da Guarda Civil Municipal, que é o Disque 153.

O telefone 0800-771-7723 da Ouvidoria da Saúde também segue em atendimento, nos casos de dúvidas sobre sintomas, prevenção e assistência ao Coronavírus.

REDE DE SOLIDARIEDADE

– A campanha Rede de Solidariedade continua com a arrecadação de  alimentos não perecíveis e itens de limpeza e higiene pessoal para os mais vulneráveis à pandemia do novo Coronavírus, incluindo idosos, doentes crônicos e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

– O telefone da Rede de Solidariedade é o 0800 773 1145, que funciona das 8h às 18h todos os dias, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

Leave a Reply