Por Brenda Bento

Um policial militar reformado de 52 anos foi detido suspeito de agredir a namorada na noite de sábado (16), na Vila Xavier, em Araraquara. O homem, que negou as acusações, foi solto após pagar a fiança arbitrada de R$ 1,2 mil.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares realizavam patrulhamento na região da Alameda Paulista quando foram parados pelo suspeito relatando ter sido agredido com um tapa no rosto pela namorada, que estava descontrolada e não quis sair da casa dele.

Os policiais militares foram até a casa dele e encontraram a cabeleireira de 42 anos em frente ao imóvel. A mulher contou que eles haviam discutido e ele teria agredido-a fisicamente.

Ela disse que não seria a primeira vez que ele a agrediu fisicamente. Eles foram encaminhados ao Plantão Policial para registro da ocorrência.

Em depoimento, a cabeleireira disse que foi agredida fisicamente e ameaçada de morte pelo policial militar reformado. Ele negou as acusações feitas por ela. A vítima afirmou que quer processar o PM e solicitou medida protetiva de urgência.

O caso foi registrado como violência doméstica, lesão corporal, vias de fato e ameaça. O policial reformado vai responder aos crimes em liberdade.

Leave a Reply