Por Rian Fernandes

Araraquara, que estava na fase 3 da flexibilização da quarentena no Plano São Paulo, teve um retrocesso e passou para a fase 2. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (10) pelo governo do Estado de São Paulo em entrevista coletiva transmitida pelas redes sociais. O novo período da quarentena será válido a partir do próximo dia 15 até 28 de junho. 

“Será denominada quarentena heterogênea. Será uma retomada consciente da economia por fases e por regiões, conforme prevê o Plano São Paulo. Com cuidado, segurança e dentro dos limites determinados pela ciência e pela medicina”, destacou o governador do Estado de São Paulo, João Doria. 

Mesmo com a alta na capacidade hospitalar para o enfrentamento do coronavírus, o interior de São Paulo apresentou uma aceleração na propagação da Covid-19 e por isso houve o endurecimento da quarentena. Antes a fase 3 era composta por quatro regiões do Estado e agora nenhuma localidade compõe o nível. A região de Araraquara e São Carlos, que se encontrava no nível 3, retrocedeu para a fase 2. 

No interior do Estado de São Paulo, as regiões de Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto se encontram em situação de alerta na fase 1, com maior restrição da flexibilização. Vale ressaltar que Presidente Prudente estava na fase 3 do Plano São Paulo, assim como Araraquara, e regrediu para o sinal vermelho. 

Funcionamento dos comércios na fase 2

Na fase 2, em shoppings, galerias e estabelecimentos congêneres a capacidade deve ser diminuída para 20% (na fase 3 era de 40%), assim como o horário de funcionamento, que será reduzido em 2 horas e passará a abrir por 4 horas seguidas. Além disso, vale ressaltar que as praças de alimentação ficam proibidas de operar. 

Para serviços e comércio, a capacidade também será reduzida para 20%, junto com o horário de funcionamento, ou seja, para quatro horas consecutivas. Na fase 3, como já mencionado, a capacidade era de 40% e as atividades podiam atuar por 6 horas seguidas. 

Já o consumo local para bares, restaurantes e similares, funcionamento de academias, salões de beleza, barbearias e outras atividades que geram aglomeração podem ser restringidas. 

 

Leave a Reply