O Daae deve dar início nos próximos dias a um processo de retirada de pelo menos duas seringueiras na Praça do Carmo. As árvores foram vistoriadas por técnicos da Unidade de Gestão de Flora/Gerência de Biodiversidade, e foi verificado que elas estão comprometidas e oferecem riscos para quem circula pelo local.

As árvores estão com seu estado fitossanitário comprometido e já estão isoladas com fita zebrada para evitar acidentes com pedestres e veículos. Os técnicos do Daae estão verificando as espécies a serem repostas no local, bem como acompanhando o estado fitossanitária de outros exemplares arbóreos da praça. A melhor data para a retirada das figueiras está sendo avaliada pelos técnicos.

A Prefeitura tem realizado a manutenção na praça, aumentando o canteiro de várias espécies que estão há anos no local e necessitam de mais espaço para sua raízes.

Leia também

Máquina agrícola passa por cima de corpo deixado em canavial

Araraquara confirma mais 27 casos de coronavírus

Polícia descobre fábrica que falsificava cerveja em Ibaté

Araraquarense de 30 anos que trouxe menina de 13 do Ceará morre na cadeia

Leave a Reply