A Polícia Militar de Goiás prendeu um casal de moradores de Ibaté com uma carga falsa de cerveja. Foi o estopim para uma descoberta impressionante. Na cidade, distante quase 30 quilômetros de Araraquara a polícia encontrou uma verdadeira indústria de falsificação da bebida. 18 pessoas foram presas.   

A fábrica clandestina ficava em um galpão na Avenida  Ézio Morganti, no Distrito Industrial. Os detidos trabalhavam na linha de produção.

O trabalho era trocar rótulos e tampinhas de uma bebida fabricada no Paraná por outros de marcas mais famosas e com valor de mercado mais alto.

Vigilância Sanitária e a Polícia Cintífica foram até a fábrica e recolheram provas do crime. Tudo será periciado.

O caso é investigado pela Polícia Civil. 

Fotos: Divulgação PM

Leia também

Araraquara confirma mais 27 casos de coronavírus

Araraquarense de 30 anos que trouxe menina de 13 do Ceará morre na cadeia

Crescente de novos casos da Covid-19 em Araraquara é reflexo do baixo isolamento

Mais 2 mortes por coronavírus são confirmadas em Araraquara

Leave a Reply