Nesta quarta-feira (1) foi publicado nos Atos Oficiais do Município a prorrogação do estado de calamidade pública e medidas do Decreto nº12.236 até o dia 15 de julho. No entanto, mesmo com a extensão, algumas medidas foram alteradas e os comércios serão afetados, por exemplo, com a determinação da distribuição de senhas aos consumidores. 

A entrega funcionará para o ingresso no estabelecimento, para cada uma das pessoas, inclusive para quem entrar em grupos. Vale lembrar que a distribuição deve ser limitada com a capacidade máxima de pessoas já estipuladas no decreto anterior. 

Além disso, as automotoescolas e os centros de formação de condutores poderão retomar as suas atividades relativa e exclusivamente aos alunos que iniciaram o processo de habilitação antes do dia 23 de março, seguindo as medidas de protocolo sanitário expedido pelo Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP).  

Leia também:

Coronavírus: médicos vão entrar na casa de pessoas monitoradas para consultar

Estado de São Paulo deve sentir reflexos de ciclone que atingiu o Sul do Brasil

Coronavírus: internações diminuem cerca de 23% em Araraquara

Acidente entre caminhão e carro deixa feridos na SP-215

Já os postos de combustíveis poderão funcionar de segunda-feira a domingo, das 6h às 19h, com a loja de conveniência seguindo o mesmo horário de funcionamento. O atendimento não presencial é permitido para além do respectivo horário. 

Administração Pública Municipal

Segundo a nova publicação, a Administração Pública poderá solicitar a aferição de temperatura corporal pelo termômetro clínico sem contato, tanto para quem tenha solicitado atendimento quanto aos empregados

Leave a Reply