A testagem em idosos de Araraquara começou a ser feita nesta segunda-feira (6) em alguns bairros da cidade, com a coleta de sangue venosa, para conseguir um panorama mais concreto sobre a situação da Covid-19 no município. No total, serão feitos 2 mil testes, sendo que 400 deles serão distribuídos no Centro Municipal de Saúde (CMS) da Vila Xavier. 

Além da Vila, mais cinco bairros receberão testes rápidos para serem feitas as coletas. As unidades de Saúde da Família (USF) I, II e III do Jardim Santa Lúcia receberão 200 testes cada, sendo que serão feitos 20 testes por dia, assim como a USF do Santana. Já entre os centros de Saúde, cada um receberá 400 testes com 40 coletas diárias, sendo no Jardim Paulistano, Santa Angelina e, como já mencionado, na Vila Xavier.

Como explicou a secretária de Saúde, Eliana Honain, os testes serão colhidos de dia 6 a 10 de julho e de 13 a 17 de julho. Agentes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) entrarão em contato para participar do procedimento e também haverá demanda espontânea.

Ainda segundo Eliana Honain, ao “Canal Direto”, da prefeitura de Araraquara, no dia 30 de junho, os idosos não podem ter nada, nem ao menos, gripe. “A gente quer saber se ele [idoso] já teve contato ou não e saber também qual é a suscetibilidade que Araraquara tem ao vírus”, comentou ela sobre os como as testagens, que formarão um inquérito sorológico, serão relevantes. 

Leave a Reply