Duas horas. É nesse período de tempo que um paciente poderá receber o diagnóstico positivo ou negativo para coronavírus em Araraquara a partir dos próximos dias.

A Prefeitura anunciou na manhã deste sábado (1°) a aquisição de um equipamento de imunofluorescencia, que detecta, em até duas horas, se o paciente tem ou não uma proteína produzida pela Covid-19. Se apresentar essa proteína é porque testou positivo para a doença.
A prioridade para a realização desse tipo de exame será para pacientes com idade superior de 50 anos. São esses pacientes, segundo os pesquisadores, que apresentam maior risco de desenvolverem complicações decorrentes da infecção.

O equipamento ficará na UPA da Vila Xavier que é referência no atendimento de casos suspeitos de coronavírus.

Segundo o prefeito Edinho Silva (PT) ele não vai substituir a testagem feita pelos laboratórios da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp, e nem a testagem feita pela Uniara.
“Araraquara já é um exemplo para o país todo, testamos mais de 6 mil pacientes por 100 mil habitantes. E agora temos mais essa tecnologia para ajudar a salvar vidas”, disse Edinho.

Leave a Reply