Por Rian Fernandes

Uma campanha de um empreendimento em Boa Esperança do Sul busca ajudar a ONG de animais da cidade, a ABEAA (Associação Boa Esperancense de Amparo aos Animais), que passa por necessidades e depende da arrecadação de materiais e até mesmo quantia em dinheiro para desenvolver o projeto voluntário e auxiliar os bichinhos abandonados na rua e de famílias carentes do município.

Segundo Haline Mathias, professora e voluntária na ONG da cidade, o projeto existe desde 2015, quando algumas pessoas trabalhavam juntas. Antes o nome era diferente até que chegou a ser ABEAA. Além de apoiar a doação de animais e acompanhar denúncias de maus-tratos, o trabalho também já colocou animais em lares temporários e realizou arrecadações de ração e dinheiro para ajudar os bichinhos que estão na rua e de famílias carentes.

O projeto ainda auxilia em procedimentos de castrações, cirurgias e exames quando possível e necessário. “Os veterinários daqui nos ajudam, mas geralmente as castrações são feitas na AAPA no Pinheirinho, porquê são a baixo custo”, explicou Haline. 

Com o intuito de fazer com que o projeto voluntário se mantenha na cidade, apoiando os animais que necessitam de ajuda, a ABEAA faz vendas em eventos, como carnaval e festas, e ainda organiza rifas e brechós com roupas doadas são organizados. Muitos dos produtos para vendas e premiações são originados de doações de pessoas solidárias com a causa e comércios locais.

Assim, é possível arrecadar valores que, posteriormente, são destinados para sanar necessidades da ONG, que em algumas ocasiões, precisa até mesmo de remédios que auxiliam em tratamentos. 

 

Percebendo a necessidade de auxiliar projetos sociais como a ABEAA, a pequena empreendedora Letícia Dias, dona de um negócio de churros em Boa Esperança do Sul, o Churritos, aproveitou o empreendimento para criar uma campanha de apoio. “Eu vejo diariamente a luta da ONG para conseguir ajudar todos os animais daqui, tanto os de rua quanto os que têm donos que precisam de ajuda. É um trabalho lindo e fazer parte disso de alguma forma é incrível”, disse ela sobre a iniciativa. 

A campanha ocorrerá durante o final de semana, de sexta-feira (4) até domingo (6). A cada porção de churros vendida, uma parte em dinheiro será revertida para a ABEAA, com o intuito de ajudar o projeto voluntário no apoio aos animais da cidade. 

Além da campanha, as pessoas que quiseram ajudar podem entrar em contato pela página da ONG no Facebook (clique aqui) ou até mesmo falar com o nosso portal. A ABEAA arrecada roupas para o brechó on-line, remédios e rações. Além disso, o projeto também recolhe tampas plásticas para vender e cobertores e casinhas para dar a quem precisa. 

Leave a Reply