Por Rian Fernandes

Boa Esperança do Sul e Trabiju devem descartar a volta às aulas no dia de 8 setembro, data prevista para a primeira etapa do retorno dos estudos presenciais, conforme o governo estadual. Em ambas as cidades, a rede municipal já existe a decisão de não aderir a retomada. 

Em Trabiju um comunicado já foi enviado aos pais e responsáveis de alunos matriculados sobre a decisão de não retornar com as aulas presenciais no município. Reuniões com os órgãos da área chegou a conclusão de descartar a retomada no dia 8 de setembro, no entanto, ainda se espera um decreto do atual prefeito.

Já em Boa Esperança do Sul, a retomada no dia de 8 de setembro também está descartada, segundo o Departamento de Educação local. Por lá, um questionário já havia sido enviado aos pais e responsáveis, em que a grande maioria reprovava a possibilidade de retorno das aulas presenciais. 

Vale lembrar que sobre o retorno das aulas em São Paulo, o governador João Doria anunciou no final do mês de junho que a retomada de aulas presenciais em todos os níveis de ensino das redes pública e particular está previsto para o dia 8 de setembro. Na primeira de três etapas, as salas terão ocupação máxima de 35%, com revezamento de estudantes durante a semana e sob rígidos protocolos de segurança definidos no Plano São Paulo de indicadores de saúde.

Entre em nosso grupo do WhatsApphttps://bit.ly/3eUyDlr

Leave a Reply