Por Willian Oliveira – Especial Eleições 2020

O PSOL lançou na noite desta quarta-feira (09), na Câmara de Vereadores, a chapa que disputará a Prefeitura de Araraquara nas eleições de novembro deste ano. Com isso, o servidor público Célio Peliciari (PSOL) e o educador e cientista social, Eudes Melo (PSOL) foram oficialmente escolhidos candidatos a prefeito e vice, respectivamente.

A convenção foi semipresencial devido às restrições relacionadas ao coronavírus. Todas as medidas de prevenção foram adotadas pela legenda e alguns filiados participaram pela internet, assistindo por meio de uma transmissão ao vivo.

Além da coligação e escolha do nome para a disputa para prefeito, os filiados escolheram também seus 12 representantes para disputar a Câmara de Vereadores. A lista será divulgada na quinta-feira (08) pelo portal Araraquara Agora.

Fala, candidato!

Para manter a igualdade entre os candidatos o Araraquara Agora optou por fazer as mesmas duas perguntas a cada um dos escolhidos em convenção para disputar a Prefeitura de Araraquara. Eles têm até dois minutos para responder às questões. A transcrição das respostas estará nas reportagens de cada convenção e o vídeo com essas respostas, na íntegra, serão disponibilizados no portal Araraquara Agora, sempre no dia seguinte a realização das convenções e, posteriormente, também compartilhado nas redes sociais.

Araraquara Agora: Porque encarar esse desafio e ser candidato a prefeito de Araraquara?

Célio Peliciari: A candidatura do meu e Eudes Fernandes e a minha representam aquilo que o PSOL entende da política nacional. Nós compreendemos que a política nacional está tomada por bandidos e canalhas que se macunam junto com elite econômica para assaltar a população brasileira e, nada mais coerente com essa leitura do que, oferecer dois jovens da classe trabalhadora para serem candidatos que representarem o programa socialista do PSOL.

Araraquara Agora: Quais as principais bandeiras e promessas de campanha?

Célio Peliciari: O nosso entendimento é de que existem três grandes problemas na sociedade brasileira, e em Araraquara. O primeiro é o desemprego, e por isso que nós temos como principal bandeira a geração de emprego, mas diferente dos outros candidatos, nós acreditamos que não precisamos apenas atrair grandes empresas para Araraquara porque isso não está resolvendo o problema do desemprego. Nós precisamos também que os trabalhadores se auto-organizem por meio de associativismo e cooperativismo para gerar seus próprios empregos e sua própria renda. E é por isso que a Prefeitura, sob gestão do PSOL, vai incentivar o cooperativismo e associativismo.

O segundo ponto é a educação. Nós queremos que os jovens e os adolescentes, que no nosso entendimento, são a base da transformação do mundo, tenham boas condições de ensino através de uma boa estrutura e mais tempo de ensino através de atividades extracurriculares, que os professores possam ser bem remunerados para que possam se dedicar e atender bem seus alunos.

Por fim, nós entendemos que é preciso investir muito na saúde. Nosso povo tem uma saúde que é muito castigada por essa maculação que existe entre planos de saúde e grandes empresários e políticos. É por isso que nós vamos investir no Programa de Saúde da Família que é preventiva, é o que Cuba faz, que a Inglaterra faz, que é a melhor proposta de saúde do mundo, a gente não precisa inventar a roda aqui, nós queremos garantir a prevenção, as cirurgias eletivas e também remédios na Farmácia Popular que é o que tanto a população precisa.

Corrida eleitoral

Agora a corrida eleitoral de Araraquara já tem 5 chapas definidas para a disputa pela Prefeitura.

A cidade pode ter 8 nomes na lista de prefeituráveis. Além da chapa Célio Peliciari/Eudes Melo, também já estão confirmados por suas legendas os nomes de:

Rodrigo Ribeiro e doutor Fabio de Santi, pela “Coligação Somos Uma Só Araraquara” (PRTB);

Coca Ferraz/Martinelli, pela “Coligação Sol” (PSL, MDB, PSDB, Democratas, Cidadania e Avante);

Lapena (Patriota)/Prado (Podemos), da “Coligação Endireita Araraquara” (Patriota e Podemos);

Edinho Silva (PT)/Damiano Neto (Progressistas), pela “Coligação Cuidando de Araraquara” (PSC, PSD, Solidariedade, PCdoB, PT, Progressistas e PL);

Devem confirmar nomes em convenção:

Padre Fernando Fraga (PTB);

Coronel Adalberto José Ferreira (Republicanos);

O trio PDT, PSB e PV tem dois nomes na disputa: Pedro Baptistini (PDT) e Nino Mengatti (PSB);

Todas as convenções devem acontecer até o dia 16 de setembro, de acordo com as regras eleitorais. Elas são obrigatórias e servem para que os filiados dos partidos definam seus representantes nas eleições.

Cobertura Araraquara Agora

O Araraquara Agora optou por fazer um texto base para cobrir todas as convenções partidárias em que forem definidos candidatos a prefeito e vice.

A direção do portal também manterá atualizado o texto com os prefeituráveis e candidatos já definidos para manter o equilíbrio de força entre eles porque entendemos que a cobertura precisa, deve, e sempre será isenta de opiniões.

Nos manteremos firmes no propósito de pura e simplesmente informar, para que você escolha o melhor candidato para Araraquara.

Leave a Reply