Uma jovem, que não teve seu nome e idade divulgados, e seu instrutor, despencaram da Cachoeira Cancan, em Ibaté, na manhã deste domingo (13). A mulher fixou ferida e precisou ser resgatada pelo Corpo de Bombeiros.
A queda, de aproximadamente 50 metros de altura, foi filmada por banhistas que acompanhavam os saltos de rope jump. (VEJA VÍDEO ABAIXO)

Segundo o apurado pelo portal Araraquara Agora, houve um problema no equipamento. A empresa responsável pela prática do esporte radical na cachoeira foi procurada, afirmou que ambos que aparecem nas imagens são instrutores e experientes, que houve uma falha no equipamento, mas o sistema de freio funcionou nos momentos finais e evitou uma queda livre e, claro uma tragédia. A empresa prestou todo apoio às vítimas e ajudou no socorro. Também presta assistência aos envolvidos.

O rope jump se parece com o bungee jumping, mas, diferentemente dele, não usa cordas elásticas, e sim cordas semi-estáticas, dessa maneira, a absorção da energia da queda se dá pelo movimento pendular. A prática também é chamada de pêndulo humano.

A queda brusca no chão foi absorvida, em parte, pela água, mas ainda assim a vítima aparece nas imagens bastante atordoada. Várias pessoas, a maioria ciclistas, aparecem para ajudar e a segurar a corda que insistia em subir. Assim que é retirada do equipamento, a mulher é deitada em uma área na parte baixa da cachoeira até a chegada do Corpo de Bombeiros. Ao socorristas precisaram usar técnicas especiais para conseguir fazer a retirada da vítima da área que é de difícil acesso.

A jovem foi levada para a Santa Casa de São Carlos. Seu estado de saúde, não foi informado.

Leave a Reply