A Polícia Civil de São Paulo, por meio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), capturou dois homens que eram procurados pela Justiça do estado de Sergipe por integrarem um grupo que aplicava golpes bancários por meio de mensagens de SMS e ligações telefônicas. As prisões ocorreram nesta quinta-feira (18), na Vila Prudente, na zona leste da capital paulista.


Os dois autores foram detidos por uma equipe da Divisão de Crimes Cibernéticos (DCCIBER), durante a operação “Torpedo”, deflagrada em três unidades federativas: Sergipe, São Paulo e Rio Grande do Sul. No total, a ação nos três estados resultou em nove prisões e no cumprimento de 14 mandados de busca e apreensão.


Apenas no território paulista, foram cumpridos dois mandados de prisão e três de busca e apreensão, culminando no recolhimento de objetos importantes para a investigação, como celulares, joias e documentos. Durante as atividades, também foi realizado o indiciamento de um terceiro homem, encontrado no apartamento de um dos capturados na posse de cédulas de identidade falsas.


Modus operandi


A organização criminosa, da qual os dois capturados faziam parte, era estruturada utilizando-se de uma técnica especializada e virtual, por meio do envio de links maliciosos por mensagens de SMS e ligações telefônicas, induzindo as vítimas a compartilharem seus dados confidenciais. Para isso, os criminosos se passavam por integrantes de instituições financeiras e, depois de engarem as pessoas, acessavam suas contas bancárias para realizar transações fraudulentas.

Leave a Reply